sexta-feira, 1 de junho de 2007

Movimento Estudantil


Por falar em estudantes, um fato peculiar chamou a atenção esta semana. Foram realizadas em Salvador durante o mês passado, as eleições de dos Diretórios Centrais dos Estudantes, DCEs, da Universidade Federal da Bahia, UFBA, e da Universidade Católica do Salvador, UCSAL.
A priori, as eleições nestas duas universidades relacionam-se, obviamente, pelo fato de terem sido eleições das representações dos estudantes, mas além disso, agora vem o fato peculiar, as duas chapas vencedoras são de pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores, PT.
Na UFBA, venceu a Chapa 1, Quilombo Kizomba, com membros da Articulação de Esquerda e Democracia Socialista, tendências internas do PT mais próximas ao espectro de esquerda como os nomes delas sugerem. Na UCSAL, venceu a Chapa 4, De Cara e Corações Novos, ligada apenas à Democracia Socialista. Claro que além dos membros ligados aos partidos, há também, os independentes.
Mas quem pensou que a relação parava aí, se enganou. Todas as chapas participantes nas duas universidades têm ligações políticas, o que prova que, cada vez mais, o movimento estudantil se afasta dos estudantes e é feita por pessoas mais ligadas à atividade político-partidária.
Tem-se a noção por alguns aspirantes à vida parlamentar que o Movimento Estudantil é a porta de entrada para o início desta vida. O que, talvez seja verdade, mas não pode ser admitida a ingerência dos grupos políticos nas demandas estudantis. Estas relações, salvo raras exceções, causam muitos problemas. Tanto que na manifestação dos alunos paulistas, o governador José Serra, ex-presidente da UNE, disse que havia motivação política para aquilo. Afirmação que pode ser verdade ou não.
Não é o caso das pessoas deixarem de se engajar na vida política, partidária, mas é necessário discernir as demandas partidárias das demandas do movimento.

*Resultado das eleições dos DCEs (Fonte: Site do PT Bahia):
-UFBA: 1º lugar: Chapa 1: Quilombo Kizomba - Articulação de Esquerda(AE-PT), Democracia Socialista(DS-PT), Esquerda Democrática Popular (EDP), Independentes;
2ºlugar: Chapa 3: Coletividade e Luta - O Trabalho(PT);
3ºlugar: Chapa 2: Eu Quero é Botar meu Bloco na Rua e Flores - União da Juventude Socialista(UJS- PCdoB), UL(?) e Independentes;
4ºlugar: Chapa 4: Vem Sambar no meu Terreiro - PSOL e PSTU

-UCSAL: 1ºlugar: Chapa 4: De Cara e Corações Novos - DS e Independentes;
2ºlugar: Chapa 2: Bloco na Rua e Vermes - UJS e Grupo da Reitoria;
3ºlugar: Chapa 1: Vem Sambar no meu Terreiro - PSOL e PSTU;
4ºlugar: Chapa 3: Baobá - AE, EDP e Atitude Quilombola

P.S: Nota-se a predominância de chapas ligadas ao PT, das 8, a metade tem ligação com o Partido dos Trabalhadores.
Este blogueiro pede desculpas pela atualização não ter acontecido na quinta-feira.
OBS: A EDP é liderada por Nelson Pelegrino e detém a maioria do diretório municipal de Salvador. A DS é liderada por Walter Pinheiro. A AE é a tendência do presidente do Partido dos Trabalhadores na Bahia Marcelino Galo.

Fonte da Foto: Clayton de Souza/ Agência Estado

Atualizada em 14/06/07 às 21:30

Um comentário:

Leury disse...

Por que vc comentou com esse link lá no blog?? Não quero saber desse blog! Não quero saber de política!

NAOSOUENGAJADO.COM.BR

Bah.

=*